quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Aporte do mês

Olá investidores,

Como adiantado nesse post aqui, as compras do mês já foram realizadas e as escolhidas de fevereiro foram a Multiplan, que é estreante na minha carteira de ações, e também a Ultrapar, que é uma empresa que eu já tive, arrependi-me de vender e resolvi voltar para ela.


Cheguei a conclusão de que a UGPA3 é o tipo de empresa que deve fazer parte do portfólio de QUALQUER investidor que pratique o B&H, assim como as queridas Ambev, Cielo e Itaú, por exemplo...

O estudo sobre a Odontoprev para a possibilidade de incluir ela no meu time continua, porém, não tenho certeza se vou fazer isso. A priori, pretendo permanecer com as 14 empresas, a não ser que seja obrigado a fazer alguma mudança por motivo de força maior.

E você, comprou o que esse mês?

Abraços a todos!

36 comentários:

  1. Respostas
    1. Guardião,

      Parabéns! Finalmente tornou-se sócio dessa máquina de fazer dinheiro.

      Abraços.

      Excluir
    2. GM,

      Empresa boa é boa a qualquer preço.

      Abraços.

      Excluir
    3. Qualquer preço?! Qd bateu 43 vendi tudo, rs. Agora tô entrando de mansinho.

      Excluir
    4. Uó,

      E você ganhou o que com isso? Simplesmente girou o seu patrimônio e enriqueceu o governo e intermediários.

      Abraços.

      Excluir
    5. IL

      "Não importa o valor"

      Nunca lhe importa?

      Aplica isso com compra de imóveis ou carros também ?

      Excluir
    6. Sobre o Uó vender, nos R$ 43,oo e comprar na casa dos R$ 29,00 atuais.
      Na verdade ele no minimo deixou de perder R$ 14,00 por ação, eu prefiro dizer que ganhou estes R$ 14,00 reais.
      Independente do valor total da operação, com esta diferença entre a venda e a compra conseguida, sou quase capaz de afirmar que o Uó, não ficou nada preocupado com as infinitas taxas e custos da operação.

      Um abraço!

      Excluir
    7. GM,

      Como eu não tenho o menor interesse em ter carros, a resposta serve apenas para os imóveis:

      Nesse caso preço importa. Porém, daqui há 100 anos, uma empresa pode piorar, estagnar ou melhorar, enquanto um imóvel continuará exatamente do mesmo jeito.

      Abraços.

      Excluir
    8. IM,

      Girar patrimônio não enriquece ninguém, apenas intermediários e o governo. Mas respeito a sua opinião e desejo sorte a todos os colegas da nossa comunidade.

      Abraços!

      Excluir
    9. Imóvel ou carro preço importa porque voce compra de uma vez. Além disso a volatilidade é menor. Não dá pra comparar.
      No caso de carro, apenas para forçar e comparação, existe uma referência que é a tabela. A tabela é o preço estabelecido pelo mercado. Se alguém esta vendendo um carro em boas condições pelo preço de tabela, ninguém pode dizer se está caro ou barato. Se está abaixo ou acima da tabela, é facil analisar.

      Ações são sempre vendidas pelo preço de tabela (mercado ou pedra). Portanto, se está no preço de tabela, quem pode dizer se está caro ou barato? Poder até pode, mas exige um esforço e conhecimento muito fora do comum.

      Sobre a operação de venda e comora da Cielo, foi boa e lucrativa. Um bom trade, daqueles que para ganhar uma vez você perde em outras tantas.
      Pode ser bom, mas tem que acertar mais que errar no longo prazo. Não dá pra contar só as vezes que acertou, senão fica fácil.

      Abraços

      Excluir
    10. Na verdade com o tempo o imóvel se depreciará

      Bem, cada qual com seu conceito , mas realmente no meu ponto de vista é uma visão que não encaixa bem...

      Sei lá, quase uma basttereira!

      Excluir
    11. EI,

      Seu comentário está perfeito, só para variar um pouco, rs.

      Abraços!

      Excluir
    12. Guardião,

      Nesse caso, pior ainda. Um imóvel pode depreciar, segundo você, enquanto em uma empresa boa a tendência é que ela esteja cada vez melhor.

      Abraços.

      Excluir
    13. Só para concluir, pra quem compra um pouco de CIEL todo mês, o preço pouco importa. Mas para quem compra uma ou duas vezes no ano é bom escolher os períodos de baixa da bolsa para os aportes.

      Eu tinha falando aqui no proprio blog do I.L. ano passado que se o IBOV chegasse nos 55.000 eu venderia 1/3 das minhas ações. Se chegasse nos 65.000 venderia mais 1/3. Acabou que vendi só os primeiros 1/3, e CIEL3 foi nesta leva porque estava muito sobrevalorizada na época ao meu ver.

      Isto não foi trade, foi B&H ativo, mas no fim o nome pouco importa. Eu não sei fazer valuation, não sei fazer timing, mas meu bom senso me dá uns alertas qd uma ativo esta muito eufórico, e neste momentos gosto de vender pelo menos um pouco, no caso da CIEL resolvi vender tudo, que não é usual pois sempre guardo um pouco, só pq o povo tava realmente muito eufórico e algo me dizia que aquilo não tava certo.

      Excluir
    14. Uó,

      Não acho que a sua "estratégia" vai fazer uma diferença muito grande lá na frente, porém, como você sente-se melhor assim, tudo o que posso fazer é desejar boa sorte.

      Abraços.

      Excluir
    15. Uó, você pode chamar de B&H ativo, mas na verdade o que você faz é praticamente uma estratégia de alocação de ativos com balanceamento através de vendas, daquele tipo que coloca 50% em RF e 50% em RV, quando RV sobe muito, vende RV e equaliza. Do contrário, faz o mesmo vendendo RF e colocando em RV.

      Seus targets não são percentuais, mas pelo seu feeling de quando está caro ou barato (bolsa em 55k ou 65k) RV está em alta e vice-versa. É uma metodologia e pode ajudar no longo prazo, mas tem que ser muito disciplinado e seguir a estratégia, sem pensar muito na hora de tomar decisão.

      Eu falei sobre isso neste post http://economicamenteincorreto.blogspot.com.br/2015/02/alocacao-de-ativos-e-balanceamento-de.html

      Abraços

      Excluir
    16. EI,

      Eu prefiro não vender nada, exceto quando necessário, e comprar cada vez mais.

      Abraços.

      Excluir
    17. Pois é E.I., no final das contas o que acaba ocorrendo é um rebalanceamento mesmo.
      I.L., é mais uma questão de se sentir confortável mesmo, se vai trazer melhores resultados só o tempo dirá. por enquanto não vi muita diferença.

      Excluir
    18. UB,

      O tempo é o senhor da razão, rs.

      Abraços.

      Excluir
  2. Livr3,

    Acho todas boas empresas ... mas nosso mercado está bem complicado .. pense uma empresa como Itau levando o fumo que está .... que dizer da Cielo ... pulei fora quando os resultados começaram a não vir mais tão brilhantes.. mas essas quedas recentes .. caramba .. comprei abev hoje ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodolfo,

      Esquece o mercado e foca nas empresas. O Itaú está levando fumo aonde?

      Uma hora a situação vai melhorar. Enquanto isso não acontece, sigamos acumulando ações de empresas boas.

      Abraços.

      Excluir
    2. Concordo com vc, IL.

      Agora é a hora de enchermos a carteira. Daqui uns anos seremos recompensados!!!

      Excluir
    3. Também não me abalo por mercado, costumo olhar bastante o histórico da empresa (vide outras crises, por exemplo)

      Excluir
    4. EP,

      Mas isso é o correto a ser feito! Ignorar cotações e notícias e focar nos balanços.

      Abraços.

      Excluir
  3. Respostas
    1. PM,

      Valeu! O Itaú dispensa comentários, rs.

      Abraços.

      Excluir
  4. Ultrapar pra mim atualmente é a mais resiliente na bolsa. Se cielo não tivesse dois controladores querendo complicar colocaria ela nesse balaio.

    Ótima aquisição a UGPA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VD,

      A UGPA3 é o tipo de empresa que PRECISA fazer parte da carteira de qualquer investidor. Sobre a Cielo, não estou vendo complicação nenhuma.

      Abraços e obrigado pelo comentário!

      Excluir
  5. Começamos o mês com Itaú e Weg.
    Fizemos a venda de metade do que tínhamos em T. Selic e talvez entremos em Ambev com esses recursos. Estamos de olho nas educacionais, mas ainda sem convicção para compra... UGPA está no radar para março. Ótima compra!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nazareno,

      Bacana! Sou sócio de todas as empresas que você citou, rs. Valeu pelo comentário.

      Abraços!

      Excluir
  6. Comprei mais BBSE3 a 21 e qualquer coisa, começou a ficar muito atrativo o dividend yield, então resgatei um LCI. Comprei a mesma quantidade que vendi a 26 e 27.

    O que sobrou para o aporte eu investi em TD.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DH,

      Legal! O importante é aportar sempre. E as suas DTEX3?

      Abraços.

      Excluir