segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Novidade na carteira de ações

Olá investidores,

Indo direto ao ponto, após estudar bastante, eu resolvi incluir no meu time a Estácio, cujas ações são negociadas na Bolsa sob o ticker ESTC3. Eu estava de olho nesse segmento educacional há um bom tempo e, após analisar todas as empresas, escolhi a mesma pelos seus números, o histórico mais robusto e principalmente a sua marca, que é forte e unificada em todo país.


A KROT3 é uma coisa de louco, que prefiro acompanhar de longe, e a ANIM3 e a SEER3 abriram seu capital em 2013, logo, prefiro esperar que elas tenham mais tempo de Bolsa para poder fazer qualquer análise mais aprofundada...

Ou será que vocês já esqueceram do que aconteceu com a nossa querida BRIN3 após o seu IPO?

Pesando os prós e contras, acredito que vale a pena sim colocar um pé na educação. O Bostil é um país de burros, como todos nós sabemos, e a educação é a única forma de mudar isso. Quem sabe daqui há 100 anos as coisas melhorem?

Voltando a falar da ESTC3, eu li alguns releases da empresa e gostei muito da sinceridade da administração. Lembrou bastante, guardadas as devidas proporções, a GRND3, que sempre é honesta e transparente com os seus sócios.

E você, o que achou da minha decisão?

Abraços a todos!

36 comentários:

  1. pq krot é coisa de louco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Porque ela era uma empresa ruim que milagrosamente ficou boa. Tem que ficar MUITO esperto!

      Abraços.

      Excluir
  2. I.L.

    Não invisto no setor, mas creio que de todas, é a melhor. Eu também ficaria, por enquanto, longe de Kroton. rs

    Creio que foi uma boa escolha!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. IL,

    Os balanços são muito sólidos até o momento. É bom também que dá uma diversificada em um mercado que até hoje vc não tinha posicionamento.
    Apoiado!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PR,

      O histórico dela pesou bastante nessa escolha. Muito antes dessa "modinha" de FIES, ela já era uma empresa sólida e com lucros consistentes.

      Abraços!

      Excluir
  4. A SEER3 anda comprando de tudo e visando mais receita do que lucro, ficando uma JBS educacional, ia trocar pela KROT ou ESTC mas acabei optando por liquidar esse setor da carteira e coloquei ITUB3 no lugar, só alegria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OS,

      Você estava sumido rapaz! Seja bem-vindo de volta, rs. Desistiu do segmento educacional por que? A minha carteira, atualmente, conta com ESTC3 e ITUB3...

      Abraços.

      Excluir
  5. IL3, desta vez vc me surpreendeu. No que tange a educacionais, prefiro fiis de educacionais.
    Sucesso, Abraço!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bagual,

      Surpreender de vez em quando é bom também, rs.

      Abraços.

      Excluir
  6. Lá vai I.L. colocar mais dinheiro em empresa que depende de incentivos do governo, por que não aprendeu com meu erro? Já bastava CCR na carteira não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uó,

      Não entendi! Concessões são uma coisa TOTALMENTE diferente de universidades, rs. A ESTC3 sempre deu lucro, muito antes do FIES virar moda...

      Inclusive o senhor também é sócio dela, não?

      Abraços.

      Excluir
    2. Concessões dependem de boa vontade política.

      Sim, tenho ESTC3, mas já viu minha lista de compras para os próximos 4 anos? Ela não está lá. Tenho em carteira porque vou guardando as burrices que já cometi, e tb não gosto de girar patrimônio, comprou ta comprado.

      Excluir
    3. UB,

      Não acho que ser sócio da ESTC3 seja burrice. E também não concordo com essa atitude de esperar o empate, como o mestre Bastter brilhantemente já explicou em outras ocasiões.

      Abraços.

      Excluir
    4. Não que seja uma empresa ruim, a burrice foi ter aportado nela e não na CETIP por exemplo. Não estou esperando empatar, comprou ta comprado, não vou girar patrimonio. Mas com certeza não comprarei mais, tem outras mais promissoras.

      Excluir
    5. Uó,

      Não dá para comparar ambas, afinal, são empresas totalmente diferentes... O que importa é que as duas são boas! Sobre a sua atitude, sim, você está esperando o empate, afinal, se uma empresa não atende mais os seus critérios, o ideal é sair dela o mais rapidamente possível.

      Abraços!

      Excluir
  7. Esse setor educacional é muito dependente do governo federal...até pensei em encarteirar a ser educacuonal certa vez. Por enquanto fico de fora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beto,

      Não acho... Sobre o governo, ele pode interferir em todas as empresas do país, a hora que ele quiser. Como podemos proteger-nos disso?

      Diversificação.

      Abraços.

      Excluir
    2. Faz bem Beto, não sei onde IL tá coma cabeça, vive falando que não quer empresa que depende de governo e faz uma dessas.

      Excluir
    3. Uó,

      Ela depende do governo aonde? Você já leu os releases dela? É a empresa que menos iludiu-se com o FIES pois a administração sempre teve consciência de que uma hora essa farra ia acabar.

      Abraços.

      Excluir
    4. Bom, se está tão certo assim que o crescimento futuro dela não dependerá de politica do governo então vai fundo.

      Excluir
    5. UB,

      O futuro ninguém pode prever, porém, é fato que o Bostil é um país de burros. Como resolver isso? Investindo em educação...

      Abraços.

      Excluir
    6. Fique atento, é só o governo segurar a grana que respinga nestas empresas, veja o que ocorreu com a ESTC3 hoje e outras do setor, não sei realmente porque vc resolveu ficar novamente a mercê do governo depois de se ver livre da SBSP3, tive que martelar no seu ouvido meses até vc decidir pular fora.

      Excluir
    7. Uó,

      Vai ficar olhando cotação no curto prazo?! Já esqueceu que no longo prazo ela segue o lucro?

      Sobre a SBSP3, com todo o respeito, mas não dá para comparar ela com a ESTC3. Setores absolutamente diferentes, e o principal, uma é ESTATAL e a outra é privada e bem administrada.

      Isso muda TODA a história.

      Abraços.

      Excluir
    8. IL, procure investir em empresas cujo foco primário é obter lucros, por mais que estas escolas sejam bem administradas, o foco deste tipo de 'empresa' não é lucro, ficou claro? Foque no lucro, apenas no lucro.

      Excluir
    9. UB,

      Discordo mas respeito sua opinião... A ESTC3 tem cultura de lucros, como mostram seus dados. Se for para pensar assim, a RADL3 e a UGPA3, por exemplo, também são empresas de receita.

      Abraços.

      Excluir
    10. Vc não entendeu o que falei, o objetivo principal de uma faculdade não é obter lucros e sim prestar um ensino de qualidade a preços acessíveis à população, e isto vai até contra uma política agressiva de lucros. É um caso similar a uma empresa de água/esgoto como a SABESP, cujo objetivo principal não é obter lucros e sim prestar um bom serviço de saneamento básico à população. O ideal é investir em empresas que visam exclusivamente lucro.

      Excluir
    11. Uó,

      Discordo mas respeito a sua opinião. O que você falou é papel das universidades públicas e não das privadas.

      Abraços.

      Excluir
  8. Concordo com o Águia, do setor parece ser a melhor opção também.. mas como é difícil prever os desdobramentos de FIES.. com essas campanhas de "pago só metade da mensalidade e o resto quando me formar" ..por hora também prefiro ficar só olhando ... já tive krot na carteira por um bom tempo ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodolfo,

      É justamente por isso que eu diversifico. Caso ocorra tudo errado, apenas 5% do meu capital será atingido.

      Abraços!

      Excluir
  9. Ah IL, sei lá ... eu sou meio desconfiado destes grandes conglomerados educacionais. Me assustam tanto quanto as construtoras.
    Espero que seja bem sucedido, mas eu não pretendo entrar neste mercado.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EI,

      Fiquei curioso sobre a sua comparação. Por que você citou as construtoras?

      Abraços.

      Excluir
    2. IL,

      Concordo que educacionais e construtoras são bem diferentes e não dá pra comparar, mas eu quis dizer que umas me assustam tanto como as outras.

      O que eu acho das construtoras é que cada empreendimento é um negócio muito grande e complexo, portanto se alguma coisa dá errado, uma empresa que era boa fica ruim em poucos meses. Cai como um castelo de cartas ...

      Não tenho nenhuma evidência que as educacionais sejam assim, mas possivelmente por conhecer pouco do negócio, tenho sempre a impressão que de uma hora pra outra tudo pode dar errado.

      Mas é só um sentimento meu, nada científico.

      Abraços

      Excluir
    3. EI,

      Entendi! Espero que o seu sentimento esteja errado, rs. Valeu pela participação.

      Abraços!

      Excluir