segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Vale a pena investir na Bolsa

Olá investidores,

Na semana passada eu li uma matéria muito interessante do Infomoney que eu quero discutir aqui com vocês:


Resumindo, nos 12 anos do PT no poder, de 2003 a 2014, o Ibovespa, que é uma PORCARIA, rendeu mais que o queridinho CDI de alguns blogueiros. A tabela da matéria mostra que o benchmark teve uma rentabilidade de 349% enquanto a taxa livre de risco fechou o período com 329,84%, ou seja, uma diferença considerável de 19,16%

Já sei, você vai dizer-me que a diferença foi muito pequena para tanto risco e volatilidade que o investidor correu. Bom, essa comparação, basicamente, mostrou o pior cenário para a renda variável e o melhor cenário para a renda fixa. E com tudo jogando contra, as ações foram vencedoras!

Reparem ainda que essa comparação leva em conta o reinvestimento dos proventos recebidos pelas empresas ao longo do tempo, o que é fundamental para turbinar o efeito dos juros compostos e formar a tão famosa bola de neve de dinheiro ladeira abaixo.

Além disso, é sabido por todos que nosso país é comandado por uma organização criminosa que o Sr. Mercado, com razão, repudia. Mesmo assim o Ibovespa venceu o CDI com FOLGA! Imaginem então quando tivermos um Governo como o do Partido Novo, que é totalmente pró-mercado!

E aí que eu pergunto-te... Você tem certeza que vai ficar fora da Bolsa? Quem foi esperto e montou uma carteira de empresas boas no começo de 2003 e comprou mensalmente ações delas, reinvestindo os proventos religiosamente, certamente teve uma rentabilidade MUITO, mas MUITO superior que o CDI e principalmente o Ibovespa.

Quer ver como isso é verdade? Abaixo estão os gráficos comparativos de rentabilidade dos colegas ADP e DH. Vejam que ambos vencem o Ibovespa e o CDI com constância e tranquilidade. E isso que estamos passando por um período de bear market há um bom tempo já!

ADP:


DH:


Como eu já disse em outras ocasiões, é praticamente IMPOSSÍVEL a renda fixa pagar mais do que a renda variável no longo prazo. Se isso fosse verdade, quem seria burro de abrir uma empresa e administrar a mesma se seria muito mais fácil e lucrativo simplesmente alocar o capital no banco e viver de juros?

Todas as evidências mostram que investir em ações no longo prazo é o investimento mais rentável e seguro que existe no mundo! Se, ainda assim, você preza mais pelo seu tão famigerado custo de oportunidade e quer desprezar isso, azar o seu! Apenas não reclame quando o tempo mostrar quem será o senhor da razão.

Abraços a todos!

107 comentários:

  1. Ou seja I.L.

    Caso o Brasil resista a mais 4 anos de PT, a estratégia é aos poucos montar posição na bolsa nesse momento, pois saindo a cumpanherada do poder nossa tendencia é abrir as comportas da represa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guardião,

      O Brasil provavelmente sobreviverá sim. Já não aguentamos 12 anos da quadrilha? Da minha parte sigo comprando. Com PT ou sem PT, a estratégia não vai mudar.

      Abraços.

      Excluir
    2. IL,

      Quem investe na renda variável é porque deseja correr o risco de obter um ganho maior do que obteria com a renda fixa. No longo prazo, é óbvio, não faria sentido investir em ações e ganhar menos do que se ganharia aplicando na poupança, por exemplo. Mas, como se costuma dizer: "o óbvio está aí para ser lembrado". E muita gente se esquece disso.

      Agradeço a menção, IL, agradeço também o Uó pela sugestão. Fiquei muito feliz de ter a minha carteira usada como exemplo, especialmente ao lado do AdP.

      Outra questão que gostaria de mencionar é a seguinte: quando comparo a minha rentabilidade com o CDI e o IBOV não quer dizer que os considero semelhantes. A ideia é ter alguns "parâmetros", como mencionei em meu blog na época. É importante mensurar a rentabilidade e perceber se as escolhas foram boas ou não. Faz parte da aprendizagem.

      Por fim, parabéns pela publicação. Sem dúvida, pela extensão dos comentários, e apesar dos atritos, serviu para reacender um debate que já estava esquecido. Cada um vai trilhar o seu caminho nos investimentos, porém não existe isso de "certo" e "errado".

      Abraço!

      Excluir
    3. DH,

      Suas ponderações são valiosas! O X da questão é exatamente isso que você escreveu. E sobre a sua carteira, vale ressaltar que se você não tivesse comprado PETR4 o resultado seria ainda melhor!

      Realmente não existe certo e errado, contudo, eu não aceito que a renda variável tenha um retorno menor que a renda fixa. O dia que isso acontecer, é melhor fecharem todas as empresas boas do Brasil.

      Abraços.

      Excluir
    4. Não vai ser fácil nos livrar deles.

      Eles controlam o sistema eleitoral. E é só disso que precisam para legitimar a falcatrua.

      Acho que enquanto a janela para investir fora do país estiver aberta, os brasileiros devem aproveitar.

      Abçs!

      Excluir
    5. II,

      Quanto a isso eu estou tranquilo. Na pior das hipóteses, os EUA intervem aqui no Brasil e nos salvam das garras do PT. Se eles fizeram isso em 1964 imagina se não fariam agora...

      Abraços.

      Excluir
    6. Eu não contaria com isso.

      Já assistiu?

      https://www.youtube.com/watch?v=I0Aq5SQrIEg

      Excluir
    7. II,

      O Brasil é um dos países mais importantes do mundo. Você pode ter certeza de que os EUA estão de olho em TUDO que acontece por aqui.

      Abraços.

      Excluir
  2. Na própria reportagem:

    Ibov = 13,59%aa
    CDI = 12,96%aa

    O ibov foi um poquinho superior, mas com uma volatilidade MUUUUUITO maior.

    rsrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dimarcinho,

      A volatilidade tende a ser reduzida exponencialmente com o passar dos anos. O fato é que, no frigir dos ovos, o Ibovespa venceu o CDI com folga.

      E, se fizermos uma simulação com uma carteira de empresas boas, podemos no mínimo dobrar a rentabilidade das ações, pois as porcarias do índice não entrariam no cálculo.

      Abraços.

      Excluir
    2. I.L. que tal por a mão na massa e fazer essa simulação para vermos o resultado.
      Agora não vale escolher as empresas que são boas hoje e que você saber que subiram muito, tem que pegar a tabelinha do bastter e cobrir os resultado de 2003 em diante.

      Excluir
    3. Anônimo,

      Eu não preciso fazer isso pois é uma coisa óbvia. Em 2003 existiam várias empresas que já eram ótimas, sendo assim, era só escolher e ser feliz.

      Abraços.

      Excluir
    4. IL: sigo o seu blog, mas na boa, você está precisando dar uma estudada na teoria de finanças.
      É como disse o Dimarcinho: calcula o risco x retorno do CDI (e tem muita renda fixa que paga mais do que o CDI) com o do índice.
      Comparar classes distintas de aplicações apenas pelo rendimento é um erro CRASSO. Calcule, pelo menos, o índice de Sharpe.

      Excluir
    5. Olha pessoal, não quero colocar lenha na fogueira, porque nem acho que seja esta maravilha toda e "ganho certo" como o IL demonstra.

      O meu comentário é apenas para dizer que o Ibovespa é (ou era até o ano passado) um índice muito ruim, pois o peso das empresas estava relacionado unicamente a liquidez. Se considerar um índice melhor, como o IBRX (Indice Brasil 100) que pondera pelo valor de mercado (coisa que foi adotada parcialmente pelo Ibovespa no ano passado), verá que foi relativamente fácil bater o Ibovespa. Este índice vem batendo o Ibovespa com boa consistência.

      Até o IDIV tem performance melhor que o Ibovespa.

      Abraços

      Excluir
    6. Olha aqui um comparativo do Ibovespa com IBRX desde 2003. Aqui a diferença fica um pouco melhor para a RV

      https://www.google.com/finance?chdnp=1&chdd=1&chds=1&chdv=1&chvs=maximized&chdeh=0&chfdeh=0&chdet=1421115984778&chddm=1214721&chls=IntervalBasedLine&cmpto=INDEXBVMF:IBOV&cmptdms=0&q=INDEXBVMF:IBXX&ntsp=0&ei=QoK0VIiADcK68gbk-4GoDQ

      Abraços

      Excluir
    7. Anônimo,

      Todo mundo sabe que eu não sou um profissional e sim um investidor em constante aprendizado. A mensagem que eu quero passar, contudo, é que as ações tem o melhor desempenho quando comparadas com seus "concorrentes".

      Abraços.

      Excluir
    8. EI,

      Bater o Ibovespa é moleza. Mas isso é apenas uma consequência natural de quem aporta mensalmente em empresas boas e reinveste todos os proventos recebidos.

      Abraços.

      Excluir
    9. EI,

      Sim, se você faz a comparação entre o CDI e apenas as empresas boas do Ibovespa, a vantagem do índice aumenta mais ainda.

      Abraços.

      Excluir
    10. Bolsa é ganho "quase certo" desde que se escolhas as empresas certas. Quem investiu em WEG, BRFS ou qualquer outra empresa do setor educacional nos últimos 4 anos fez fortuna. Porém são poucos que têm esta visão e o timing certou. Eu por exemplo comecei a investir em empresas do setor de educação no fim do ano passado, resultado: ,inha carteira de crescimento está no nês de janeiro com com desvalorização de 7% frente os 3% do IBOV, já "perdi" 4.000 reais só em ESTC3 e ANIM3 em poucos dias.

      Mas estamos falando de curto prazo, no longo prazo ainda não sei dizer com será meu desempenho mas nos últimos anos tem sido horroroso graças a escolhas de empresas mal feitas.

      Abraço!

      Excluir
    11. UB,

      E não é complicado escolher as vencedoras da Bolsa. Das 500 empresas listadas nela, cerca de 5%, ou seja, 25, prestam. Sendo assim, é só o investidor montar sua carteira com base nessa filtragem.

      Sobre as educacionais, é assim mesmo. O Sr. Mercado, irracional como sempre, está batendo nelas por causa das mudanças no FIES que, honestamente, não são esse fim de mundo todo.

      Abraços.

      Excluir
    12. IL, esse post e comentários são muito importantes para refletirmos e aprendermos. Sendo assim, eu vou te falar uma coisa, mas não significa que estou dizendo que você está errado. Peço apenas que leia e leve em consideração.

      Existem sim estes 5% de empresas que são boas, mas investir nelas não garante ganhar do Ibovespa ou qualquer outro índice, justamente porque se você olhar bem, estes 5% são normalmente as empresas chamadas defensivas.

      O resultado do índice é baseado na performance de determinadas empresas. As defensivas, em geral caem menos que o índice, pois são mais previsíveis em termos de resultados (lucros, receita, etc), mas também sobem menos quando o índice está em alta (justamente porque o índice é puxado pelas outras "não defensivas" pra cima).

      Por outro lado, as empresas que não são defensivas (normalmente cíclicas, ou também conhecidas com beta maior que 1), sobem mais que o índice quando a bolsa está em alta e caem mais quando está em baixa.

      Ganhar do Ibovespa em mercado de lado ou até caíndo, pode ser considerado "relativamente" simples, pois em teoria basta você ter uma carteira composta predominantemente por papeis defensivos (as ditas empresas boas, com lucros consistentes, bons dividendos, whatever).

      Já num Bull market, ganhar do índice não é tão fácil assim. É só pegar períodos de alta (de 2002 a 2008) e ver que quem tinha uma carteira com cíclicas foi muito melhor que quem tem as empresas boas. Sendo que o índice provavelmente ficou no intervalo entre elas.

      No longo prazo, pode-se aumentar a probabilidade de uma carteira defensiva ganhar do índice, mas não é garantido. Infelizmente nós ainda não passamos por um bull market (quem tem menos tempo de bolsa) mas certamente, se isso acontecer, quem tiver uma carteira defensiva vai ficar olhando a bolsa disparar e sua carteira ficando pra trás. Isso não significa que as defensivas sejam um investimento ruim, pois deverá ganhar da RF no longo prazo, mas pode não ganhar do índice.

      Abraços

      Excluir
    13. EI,

      Você é sempre bem vindo aqui e o seu comentário foi perfeito! Eu concordo com você, contudo, assim como o Buffett, não gosto de empresas cíclicas.

      Eu posso ferrar-me lá na frente se tivermos um novo boom das commodities? Certamente, entretanto, a minha meta é bater o CDI e não o Ibovespa.

      Além do mais, a minha carteira pode mudar um dia, correto? Enfim, o importante mesmo é cada um saber o que está fazendo e arcar com as consequências disso.

      Abraços.

      Excluir
    14. Acho que há uma falácia muito grande em comparar 2003 até agora.

      No fim de 2002, a bolsa tinha colapsado pelo medo da eleição do molusco, então a base de início é bastante baixa.

      Excluir
    15. II,

      Falácia aonde? E o que isso importa?

      Abraços.

      Excluir
    16. II,
      Pelo que entendi você está falando em falácia sobre meu comentário. Talvez você não tenha entendido, mas a ideia foi justamente citar um período de bull market. Não estou comparando nada com nada, só estou dizendo que em periodo de bull market, as chamadas defensivas possivelmente teriam desempenho inferior (na media) ao indice, vide exemplo.
      Abraços

      Excluir
    17. EI,

      Sim, você tem razão. A lógica indica que isso deverá acontecer.

      Abraços.

      Excluir
    18. Falácia porque você pegou um período específico de tempo.

      Se fosse um ano para trás, começo de 2002 ou de 2004 por exemplo, o resultado teria sido bem diferente.

      De qualquer forma, acho uma grande perda de tempo ficar comparando o melhor investimento.

      O fundamental é adequar a alocação de ativos ao seu perfil e fazer os rebalanceamentos com certa frequência.

      Excluir
    19. Veja II, não fui eu que inventei este negocio de beta. Isso é histórico

      Excluir
    20. II,

      Concordo com você que devemos simplificar as coisas. O melhor mesmo é focar no trabalho e poupar cada vez mais.

      Abraços.

      Excluir
    21. EI,

      São os estudos, contudo, não dá para adivinhar os movimentos do Mercado.

      Abraços.

      Excluir
  3. Sim. O IBOV considera o pagamento de dividendos, mas não o reinvestimento, diferentemente do CDI que considera o reinvestimento dos juros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Land,

      Obrigado pela informação! Ou seja, mesmo com essa vantagem excepcional do CDI, o benchmark ainda assim foi superior a ele.

      Abraços.

      Excluir
    2. Vc tem certeza, Land?
      Sempre achei que considera o reinvestimento.
      Não faz muita lógica não considerar o reinvestimento.

      Segue documento sobre o índice.

      http://docs.comparacaodefundos.com/ibv.pdf

      Excluir
    3. ID,

      Eu acho que não considera pois isso é uma decisão individual do investidor, apesar disso ser a atitude mais correta a ser feita.

      Abraços.

      Excluir
    4. IL,
      Mas é a reportagem trata-se do índice e não de um investidor individual.

      Excluir
    5. ID,

      Exatamente. É justamente por isso que o Ibovespa não deve considerar o reinvestimento dos proventos, enquanto um investidor individual certamente faria isso.

      Abraços.

      Excluir
    6. Pessoal, o índice é ajustado para dividendos. Desta forma considera como se os dividendos estivessem sendo reinvestidos automaticamente. Não faria sentido ser diferente.
      Num exemplo hipotético, se Ambev faz parte do índice e durante o ano saiu de 20 para 22, aí no último dia do ano pagou 2 de dividendos e terminou valendo 20, o indice vai considerar que Ambev subiu 10% no ano, mais ou menos isso.
      Abraços

      Excluir
    7. É claro que o Ibov reconsidera o reinvestimento de proventos. De onde tiraram que não reconsidera?

      Excluir
    8. EI,

      Você tem certeza dessa informação? Enfim, considerando que ela esteja correta, e tanto o Ibovespa como o CDI reinvistam os proventos e juros, ainda assim o benchmark (que tem um monte de porcaria, não vamos esquecer) teve uma rentabilidade superior.

      Abraços.

      Excluir
    9. Troll,

      Eu não sabia disso, contudo, qual é a fonte oficial dessa informação? O site da Bolsa é tão ruim que eu não consigo achar isso lá.

      Abraços.

      Excluir
    10. Vamos devagar.... O índice é o Ibovespa (código IBOV). Nada mais é do que uma carteira teórica.

      Quem replica o índice em uma carteira real é o ETF, neste caso o papel BOVA11.

      E sim, eles reaplicam os dividendos proporcionalmente ao papel que pagou.

      Excluir
    11. Dimarcinho,

      Eu sei que o BOVA11 reaplica os dividendos recebidos na própria cota.

      O que nós queremos descobrir é se a rentabilidade do Ibovespa calculada e divulgada pela Economatica considera o reinvestimento dos proventos recebidos ou apenas o recebimento dos mesmos.

      Abraços.

      Excluir
    12. Veja aqui

      http://www.bmfbovespa.com.br/pt-br/perguntas-frequentes-resposta.aspx?idioma=pt-br

      itens 5.8 e 5.13

      Indice de retorno total

      O Ibovespa é um indice de retorno total veja aqui http://www.bmfbovespa.com.br/indices/ResumoIndice.aspx?Indice=IBOVESPA&idioma=pt-br

      Excluir
    13. EI,

      Realmente, segundo a Bovespa, aparentemente todos os proventos recebidos são reinvestidos sim.

      Enfim, isso não altera a conclusão da postagem, que foi mostrar que no longo prazo uma carteira de ações com um monte de porcaria em um período de tempo extremamente hostil ao Mercado venceu a renda fixa.

      Abraços.

      Excluir
    14. Ué, mas se o ETF considera o reinvestimento dos dividendos isto quer dizer que a rentabilidade obtida por ele já é a total.

      Excluir
    15. Anônimo,

      Você leu a resposta do EI? Entendo o seu questionamento, contudo, recomendo dar uma olhada nos links acima.

      Abraços.

      Excluir
    16. Dimarcinho,

      Sim, no caso dos ETFs eu já sabia. A minha dúvida era saber como isso funcionava no Ibovespa.

      Abraços.

      Excluir
    17. Anon 12:14

      Acho que você fez uma crítica às supostas informações infundadas, mas você também deu a sua pisada na bola. Rs.

      Amigos, voltando ao tema, vou escrever algumas coisas apenas para divagar sobre o assunto, pois acho relevante entendermos exatamente os mecanismos operacionais do mercado e esta questão de proventos é bem interessante. Caso tenham alguma observação ou comentário me avisem.

      Veja a seguinte frase lá do site da Bovespa:

      "Índice de retorno total:valor do índice de preços acrescido do reinvestimento de dividendos e outros proventos distribuídos pelas empresas emissoras. Os proventos são reinvestidos no índice na data "ex-provento" (data em que a ação começa a ser negociada com o provento já descontado do seu valor). Assim, esse é um índice que mede o retorno total das ações componentes de sua carteira."

      É importante o investidor ter em conta que o índice considera como se os proventos fossem reinvestidos na data "ex", ou seja, no valor de abertura da data "ex", pois muitas vezes o ele considera os proventos só na data do pagamento, que pode acontecer alguns meses depois.

      Para uma carteira diversificada, o impacto pode ser pequeno, mas para uma carteira com pouca diversificação o impacto é maior na rentabilidade (comparando índice e carteira de ações).

      No curto prazo, o impacto vai depender da forma que o investidor contabiliza os proventos: na data ex-proventos ou na data do pagamento. Eu contabilizo o provento na data "ex" para ter (na minha opinião) um rentabilidade mais correta, mas com isso acabo gerando um problema de fluxo de caixa (administrável por enquanto).

      No longo prazo, o impacto é diferente, pois vai depender do preço que o investidor paga na hora de reinvestir os proventos. Ex. Se Ambev pagou 1,00 de dividendos e estava valendo na data "com" 16, passou a ser cotada a 15 na abertura da data "ex". Se no momento do reinvestimento, seja no dia seguinte ou uns meses depois o investidor pagou mais de 15, ele "perdeu" algo no reinvestimento (comparado ao índice), já se ele comprou por menos de 15, ele teoricamente se beneficiou e comprou mais do que se tivesse comprado na abertura do mercado na data "ex".

      Outro ponto relevante é referente aos Juros Sobre Capital Próprio (JSCP), pois pelo que me parece, o preço descontado da ação é o bruto (antes de descontar o IR), e isso vale para o índice também. Já o investidor recebe com desconto de 15% de IR, portanto ele "perde" estes 15% de IR na rentabilidade comparada ao índice.

      Como eu disse, estou apenas divagando sobre o assunto. Além disso os impactos citados pedem ser mínimos ou insignificantes na maioria dos casos, mas se pensarmos em um horizonte de 30 anos, um pequeno impacto hoje na bola de neve pode ser relevante lá na frente.

      Abraços

      Excluir
    18. EI,

      Discutir isso é como discutir o sexo dos anjos, rs. O importante é o investidor reinvestir TODOS os proventos durante a fase de formação da carteira e ponto final.

      Abraços.

      Excluir
    19. O anônimo ridículo querendo me criticar e falando uma asneira sem tamanho. É por isso que eu seleciono rigorosamente os comentários anônimos em meu blog, pois 99% não passam de lixo humano. Essa parada do reinvestimento dos proventos foi até uma das questões de um simuladinho que o ADP fez no blog dele.

      Excluir
    20. Troll,

      Resolvi excluir o comentário do anônimo pois eu não tinha visto que ele havia ofendido você. Sendo assim, segue o jogo!

      Abraços.

      Excluir
    21. Paguei um micasso nesse cometário. Achava que cálculo de índice não incluia o reinvestimento de proventos por causa do livro do Siegel, em que é mostrado o gráfico dos índices americanos com e sem reinvestimento.

      Excluir
    22. Land,

      Fica tranquilo, pois ninguém é obrigado a saber tudo.

      Abraços.

      Excluir
  4. O mandato do Lula, com Meirelles no BACEN e Palloci na fazenda foi bem razoável. Foi a partir da "nova matriz econômica" que as coisas começaram a azedar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Concordo. O primeiro mandato do Mula foi o melhor período dos 12 anos do PT. Depois disso, foi ladeira abaixo.

      Abraços.

      Excluir
  5. Aí, um belo dia, o cara resolve vender suas ações e paga 15% IR sobre a valorização fazendo sua rentabilidade ficar abaixo do CDI.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BBB,

      Quem disse isso? Se você vender até 20k de ações por mês está totalmente isento de pagar IR. Isso aqui não é ETF não.

      Abraços.

      Excluir
    2. Daí o cara resgata a grana da RF e paga IR do mesmo jeito. Se é pra criticar a RV no Brasil, que se faça pelo menos uma boa crítica e não comentários típicos de alguém que não sabe bem o básico do básico.

      Excluir
    3. Troll,

      Além disso, eu não tenho a menor dúvida que a LCA e a LCI serão taxadas nos próximos meses. Com as contas públicas destroçadas, é mais fácil mexer nisso, visto que o povão nem sabe o que significa essas duas siglas.

      Abraços.

      Excluir
    4. Caramba, esse Troll é um gênio!

      É muita esperteza para uma pessoa só. Só que não.

      Excluir
    5. BBB e Troll,

      Comportem-se, ok?

      Abraços.

      Excluir
  6. É isso aí, IL.
    O cara para investir em RV, precisa ter culhao roxo. Coragem!
    Será que o Bilionário Barsi teria essa firtuna se fosse cagao? Certamente nao! Eu diversifico e dentro da minha diversificacao to o psu em AÇÕES e FII.
    Caralho, como o povo vive meftoso!.
    Parabéns por ser corajoso IL.

    Abraço
    BAGUAL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bagual,

      Sábias palavras meu amigo! Quem não arrisca não petisca e não adianta chorar depois que o leite estiver derramado.

      Abraços.

      Excluir
    2. Barsi seria bilionário se fosse frouxo?

      Não. Ninguém fica bilionário sem ter espírito empreendedor e idéias inovadoras.

      Barsi seria bilionário sem investir na bolsa?

      Sim. A fortuna dele em ações é só uma parcela do patrimônio dele.

      Excluir
    3. Coragem é o de menos, precisa ter é inteligência. Coragem todos temos pois estamos em busca do dinheiro esperto. Estou vendo muitas pessoas que não investiam em bolsa na minha família comprando ou querendo comprar Petrobras. eu falo para elas investirem na Cielo e Ambev mas entra em um ouvido e sai no outro, para elas a Petrobrás é a melhor empresa do Brasil e só está passando por um período difícil.

      Excluir
    4. Troll,

      Aí eu já vou discordar de você. Pelo o que eu sei, TODO o patrimônio do Barsi está em ações. Ele critica a renda fixa efusivamente e eu nunca soube que ele tem outros negócios.

      Abraços.

      Excluir
    5. Uó,

      Acho errado pensarmos em "dinheiro esperto". Eu tenho um plano de acumulação de patrimônio e é fato que a melhor forma de rentabilizar o mesmo é na renda variável!

      A manada é assim mesmo, quando a Bolsa subir para os 70000 pontos e a revista Exame fizer uma capa disso, todo mundo saca o dinheiro da renda fixa e coloca de uma vez lá.

      Aí a Bolsa despenca para 40000, e como a pessoa comprou no topo e vendeu no fundo, ela sai xingando todo mundo e dizendo que ela é cassino, rs.

      Sobre a PTBras, posso pensar em investir nela APENAS quando a mesma for privatizada.

      Abraços.

      Excluir
    6. IL, por favor antes de discordar de El Rei sugiro fazer uma simples pesquisa sobre a história do Barsi. Ele, obviamente, não tem todo patrimônio na bolsa.

      Excluir
    7. Troll,

      Humildemente peço que você mostre-me o material que comprova isso. Eu, no alto da minha ignorância, pensava que ele investia apenas na Bolsa.

      Abraços.

      Excluir
    8. Momento histórico da Blogosfera onde El Rei deixa um exemplo de humildade e admite um equívoco: onde escrevi Barsi, leia Parisotto. O primeiro é nossa inspiração, já o segundo enriqueceu antes de investir na RV.

      Excluir
    9. Troll,

      Agora sim! O Parisotto, realmente, foi empresário (não sei se ainda é) e boa parte do seu patrimônio está alocado em seu fundo de ações na Geração Futuro.

      Abraços.

      Excluir
    10. Vcs já pararam pra fazer as contas de quanto seria necessário fazer de aportes pra atingir a fortuna de 1 bilhão (como a do Barsi) em 50 anos (como ele) ?

      Vcs acham que realmente foi SÓ com ações que ele enriqueceu?

      Excluir
    11. Dimarcinho,

      Sabe qual é o seu maior problema? Você faz contas demais e age de menos. Pense nisso.

      Abraços.

      Excluir
    12. Sim, pra que fazer conta, né??

      Pra que usar a matemática, essa ferramenta inútil? O negócio e sair fazendo!" rs

      Excluir
    13. IL, inclusive o Parisoto é suplente de senador pelo Amazonas. Achei que valia constar. E a grana dele, segundo o proprio, decorre da mão acertada na Videolar.

      Victor

      Excluir
    14. Dimarcinho,

      Bolsa não é ciência exata. É isso que você não entende, ou tem muitas dificuldades para entender. Se fosse fácil assim, todos os matemáticos do mundo seriam milionários.

      Abraços.

      Excluir
    15. VS,

      Eu sei disso. A minha discussão com o Troll foi sobre a fortuna do Barsi.

      Abraços.

      Excluir
    16. Ah, NÃO É CIÊNCIA EXATA?????

      Fazer uma projeção de aportes e rentabilidades IRREAIS vc então considera que não é ciência exata? rs

      Acorda pra vida, cara.

      Pra atingir 1 bilhão de reais, começando hoje do zero. Levando 40 anos de aportes, com juros REAIS de 0,5%am, isso daria um aporte MENSAL de R$ 504.900,62.

      Tu tá brincando comigo, né? Tu acha mesmo que foi juntando 1.500 reais/mês em boas empresas e ele virou bilionário?

      Se fosse assim, ia ter bilionário em cada esquina.... rs

      Excluir
    17. Dimarcinho,

      Não, não é ciência exata e você sabe disso. Pare de enganar-se:

      http://www.valor.com.br/valor-investe/o-estrategista/2686506/investimento-em-acoes-nao-e-ciencia-exata

      Abraços.

      Excluir
    18. Isso eu concordo com IL, investimento em ações não é ciência exata. Estou quase chegando a conclusão que é uma arte (pena que eu não pareço ter talento para a coisa)

      Excluir
    19. EI,

      Mas isso é óbvio. Todos nós sabemos que o Mercado é irracional e ineficiente.

      Abraços.

      Excluir
    20. Dimarcinho,
      Sinceramente eu acho que pro cara ficar milionário na bolsa ele não precisa necessariamente nem saber matemática. Infelizmente a vida é assim. Em outras profissões então nem se fala, vide jogador de futebol e cantor de pagode ou funk.
      Abraços

      Excluir
    21. EI,

      Eu concordo com você. É aquela coisa de que você não precisa ter PHD em finanças para saber quais são as empresas boas da Bolsa.

      Como diz Buffett, empresas que até um idiota saberá administrar, pois um dia isso acontecerá.

      Abraços.

      Excluir
  7. IL realmente no longo prazo as ações parecem ser imbatíveis, eu até me questiono se é realmente interessante aportar em FII agora no começo da formação da minha carteira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SC,

      Para quem é jovem, não faz sentido preocupar-se com fluxo de caixa. Eu, pessoalmente, acredito que o foco principal deve ser o ganho de capital, ou seja, ações de crescimento.

      Apesar de que a minha carteira tem empresas dos dois tipos, visto que o mais importante para mim são elas serem boas.

      Abraços.

      Excluir
    2. Na fase de acumulação o ganho de capital e o fluxo de caixa são as duas faces da mesma moeda, IL.

      Esta afirmação ganha ainda mais força em períodos como o atual, de queda do preço dos ativos.

      Abraço!

      Excluir
    3. LDL,

      Eu sei disso, mas o que eu quis dizer é que quando somos jovens o fluxo de caixa não é tão prioritário assim. Mas é óbvio que o investidor não pode abrir mão dele.

      Abraços.

      Excluir
  8. Para saber se vale ap ena investir em bolsa sugiro não olhar o gráfico do IBOV e sim os gráficos de rentabilidade do AdP ou do Dr. Honorários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uó,

      Sabe que você me deu uma boa ideia? Vou incluir o gráfico dos dois ilustres amigos na postagem inicial.

      Abraços.

      Excluir
  9. IL,

    É isso aí! Tem muito histerismo que RV é furada e não sei o que, mas no longo prazo não tem erro. RV, em especial as ações, tem retorno bem superior. E uma carteira boa, então, dá show!
    O que me intriga é que minha carteira é boa e tá apanhando pro Ibov kkkk.
    Enfim, muito bom seu post, assino embaixo!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PR,

      Obrigado pelo apoio! Sobre a sua carteira, não há com o que preocupar-se. Ela ainda é nova, assim como a minha, e ambas vão amadurecer com o passar dos anos.

      A única modificação que eu faria na sua carteira seria retirar a PTbras da mesma e também qualquer outra empresa cujo o Governo seja o sócio majoritário.

      Abraços.

      Excluir
  10. Essa discussão entre RF x RV eu considero que seja muito mais de ordem pessoal do que algo que se possa chegar a uma conclusão clara. Tenho porem 2 comentários que eu gostaria de adicionar a discussão acima.
    Eu tive o privilégio de trabalhar por um bom tempo numa empresa de capital listado em bolsa e durante esse tempo tive acesso à informações bem, digamos, sigilosas. Não digo que todas são assim, mas essa em específico burlava os resultados de maneira escandalosa. O investidor eu apenas um mero passageiro num barco onde o mesmo não tem nenhum controle nem ao menos tem mínima noção do que está acontecendo no dia a dia.
    Eu prefiro a RF não pela rentabilidade, mas sim pela certeza dos ganhos mês a mes. Eu prefiro saber quanto vou ter no final de 2015.
    Antes que venham as críticas, acho que a renda fixa eu mais arriscada quedas acoes.
    Apenas minha opinião.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dividendos,

      Desculpe-me, mas o seu exemplo é esdrúxulo. Todo mundo sabe que apenas 5% das empresas listadas na Bolsa prestam.

      Em virtude disso, é bem provável que você tenha trabalhado em uma empresa boa para o dono e diretores e péssima para os minoritários, que são justamente a maioria.

      Sobre os balanços, eles são auditados por auditores independentes, ou seja, se a empresa em que você trabalhou conseguiu forjar até isso ela merece parabéns.

      Novamente, não leve-me a mal, contudo, não podemos nos apegar no que as empresas ruins fazem para deixarmos de investir nas boas.

      Se o investidor fez a lição de casa corretamente, ele escolheu empresas boas que prezam e respeitam o minoritário.

      E volto a dizer, a RF é muito mais arriscada que a RV. Se o Governo for confiscar algo, como na época do Collor, as ações certamente serão a última opção da lista. E caso isso realmente aconteça, é porque chegamos no fundo do poço.

      Abraços.

      Excluir
    2. Dificil argumentar contigo.
      Sinceramente torço para que tenha sucesso e que essa sua arrogância não te atrapalhe.

      Excluir
    3. Dividendos,

      Eu sou arrogante?! Tem que rir, rs... Ok, desejo sorte a você também.

      Abraços.

      Excluir
  11. IL,

    eu acho que você deveria se alavancar em sua carreira. Comece por tirar alguma certificação dessas qualquer.

    Depois, abra um fundo de investimentos, onde o benchmark seja o IBOV.

    Se vc realmente ir conseguindo bater o IBOV consistentemente, pode apostar, não vai falar gente pra colocar dinheiro no seu fundo.

    Mas como vc disse que é FÁCIL bater, então não perca tempo!!!!! Na sua vida de contador tu não vai arrumar 1/10 do que como gestor de um asset bem sucedido....

    []s!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dimarcinho,

      Apesar da sua evidente ironia, vou responder o seu comentário. Primeiro quero deixar bem claro que eu não tenho interesse em trabalhar no mercado financeiro.

      O que eu quero é ser sócio de empresas boas e obter uma rentabilidade superior ao CDI. E, sim, é absolutamente fácil bater o Ibovespa consistentemente. Tanto que até um chimpanzé conseguiria isso, não é?

      Eu notei o seu desprezo também para com a minha profissão. Mas, como eu sou bonzinho, vou esclarecer as coisas para você. Eu não sou um reles contador assalariado.

      Eu sou um EMPRESÁRIO contábil. Eu tenho o meu escritório, os meus clientes e os meus funcionários. E, felizmente, o meu escritório está crescendo a cada dia.

      Pode acontecer a crise que for que eu não fico sem trabalho. E garanto a você que tiro por mês mais do que você em seu empreguinho concursado na PTbras.

      E a PLR atrasada, vai receber quando? Depois que a PTbras falir e as empresas começarem a demitir, quero ver se o seu diploma de engenheiro vai servir para alguma coisa.

      Abraços.

      Excluir
    2. OLha, IL,

      não houve ironia em nenhum lugar.

      E não menosprezei a sua profissão. Vc fala tanta besteira sobre o assunto que não tem ideia.

      Cara, não EXISTE lugar q pague melhor prum FUNCIONÁRIO do que o mercado financeiro.

      O dia que tu tiver recebendo 1 milhão/ano como FUNCIONÁRIO, volta e fala comigo, blz?

      E outra, enquanto vc não tem pretensão, eu tenho bastante. Pois sei q em nenhum planeta vou conseguir chegar perto de cifras assim na área de engenharia. E tb creio que a área de Contabilidade não chega perto, rsrsrs.

      Não entendi a agressividade. A Petrobras é impossível fechar. O governo vai imprimir dinheiro e salvar ela. Foda o país todo, as economias das pessoas e etc, mas salva ela.

      Quero ver pra quais empresas seu escritório vai trabalhar sem a Petrobras por trás empurrando a cadeia inteira...... sabe de nada, inocente! rs

      Excluir
    3. Dimarcinho,

      Quem disse que eu quero ser funcionário? Eu gosto de mandar, e não de receber ordens. Enfim, não vamos perder nosso tempo com essa discussão inútil.

      Toque a sua vida que eu tocarei a minha.

      Abraços!

      Excluir
    4. Olha, IL, quem me agrediu foi vc.

      Ser empresário não quer dizer muita coisa. Se eu abrir um CNPJ e meter qq projeto descabido já posso sair por aí dizendo que sou Empresário, huhuhuhuuu

      E outra: eu falei do FUNCIONÁRIO.

      O que recomendei a você foi, justamente, abrir um clube/fundo onde vc vai ser o GESTOR (ou seja, vc irá dar ordens tb)

      Enfim, nota como vc fala sobre os assuntos sem saber do que se tratam?

      De qq maneira, boa sorte com sua empresa. Mas não torça pra Petrobras quebrar não, pois o Brasil quebra junto.

      []s!

      Excluir
    5. Dimarcinho,

      Ok, eu não entendo nada de nenhum assunto e você é o gênio do mercado financeiro.

      Abraços.

      Excluir
    6. meninas, parem de brigar vocês duas! rs

      Vocês 2 estão certos em alguns aspectos e errados em outros. Tudo dependo do ponto de vista.

      Excluir
    7. EI,

      Eu e o discípulo do Damodaran vivemos entre tapas e beijos!

      :)

      Abraços.

      Excluir
    8. Opa, opa, opa, opa!

      Nada de beijos!!! rs

      Excluir
  12. Post movimentado amigos, vamos respeitar as opiniões de cada um sem ofender os colegas, eu estou confiante na renda variável, o último post do Adp foi excelente, recomendo a leitura a todos......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beto,

      É bom dar uma agitada na blogosfera de vez em quando, rs. Eu já li o post do ADP e concordo 200% com ele.

      Abraços!

      Excluir