quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Aumente a sua participação

Olá investidores,

Estou vendo alguns colegas da blogosfera preocupados com a "queda" da Bolsa. Coloquei queda entre aspas porque o que está acontecendo no momento, na verdade, é uma quedinha de nada. E, sendo assim, devemos nos permanecer alheios a cotações e notícias e pensarmos no conceito de participação.

E o que seria esse conceito, IL? Na verdade é bem simples de entender. Quanto mais ações você tem, ou seja, quanto maior a sua participação nas empresas que você é sócio, mais você ganha, seja via proventos, seja pela valorização dos ativos em si.

Sendo assim, por que raios não nos preocupamos em AUMENTAR a nossa participação nas empresas da nossa carteira ao invés de ficarmos arrancando o cabelo com besteiras? O mundo não vai acabar, o Capitalismo não vai acabar e, com crise ou sem crise, as pessoas vão continuar estudando, trabalhando, consumindo e poupando!

Logo, devemos nos preocupar com o que é realmente importante, que é focar em nosso trabalho para aumentarmos o nosso aporte e assim alcançarmos a independência financeira o mais rápido possível! Os próximos quatro anos serão ótimos para quem for esperto.

Alguém aí realmente acredita que a presidanta vai mudar algo na política econômica do país? Eu afirmo que, infelizmente, serão mais quatro anos pífios, com corrupção, inflação e recessão. Podem me cobrar em 2019! O Ibovespa não vai decolar e deve ficar nessa faixa dos 30.000 a 60.000 pontos durante um bom tempo.

Portanto, mãos à obra! Pare de perder o seu tempo com coisas inúteis, esqueça a quadrilha que está no comando do país e faça a sua parte, afinal, se você não a fizer, ninguém mais fará. E fique tranquilo, afinal, empresas boas tendem a permanecer boas.

Apenas a título de curiosidade, pesquisem o desempenho de empresas como Ambev, Cielo, Itaú, Telefônica Brasil, Ultrapar, entre outras, e vocês verão que, quem segurou os papéis de 02/01/2011 (primeiro dia do mandato da terrorista) até hoje, 18/12/2014, e, obviamente, reinvestiu os proventos recebidos no período, está com uma ótima rentabilidade, muito superior à renda fixa.

Não há segredos na Bolsa! Basta apenas comprar mensalmente papéis de empresas boas e reinvestir os proventos. O tempo mostrará os resultados. A melhor hora para comprar é na crise, quando os desesperados estão em pânico. Lembre-se sempre dessa frase do mito Warren Buffett:

"Seja medroso quando os outros são gananciosos e seja ganancioso quando os outros estão com medo."


Abraços a todos!

40 comentários:

  1. Caro IL,

    Estou no momento com 15K engatilhado e pela primeira vez sem muito saber o que fazer. Se por um lado "a bolsa está barata", dizem alguns, por outro, acho que ainda podemos ir fácil aos 40 mil pontos.

    São raras as empresas que podem passar ilesas ao que virá em 2015. Dito isto, as cotações hoje podem significar que estavam "caras" perto do cenário que ainda poderemos ter daqui alguns tempos.

    Então o que fazer? Dólar pode ir para os 3,00 ? Sim.
    Petro pode cair mais ? Sim.
    FII pode cair mais ? Com certeza vai.

    Em um cenário de tantas incertezas, fico realmente pensando de que também não está fácil direcionar o suado dinheiro em algo que realmente possa ser um bom investimento.

    Sugestão ?

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca coloque o tempo que você gastou para conseguir este dinheiro (que é realmente o que este valor representa), em locais onde você não sabe...

      Se você não sabe onde colocar Poney, o melhor lugar para ele é no seu bolso. Só faça algo sabendo daquilo que está sendo feito.

      Uta!

      Excluir
    2. Poney,

      Acho que o ideal é diversificar. Porque você não coloca esse capital 1/3 em ações, 1/3 em FIIs (apesar de eu não ser tão fã deles) e 1/3 em TD?

      Atualmente eu estou com meu capital em ações e TD, além da minha reserva de emergência na poupança. Enfim, não dá para prever o futuro, logo, o ideal é ter um pouco de tudo.

      E a sua operação secreta, no que deu?

      PS: É muito bacana ver você de volta, participando da blogosfera.

      Abraços.

      Excluir
    3. Estagiário,

      Concordo com você!

      Abraços.

      Excluir
  2. IL,

    Você está correto em dizer que agora é uma boa época para investir na bolsa, afinal estamos em um certo rally...
    Porém, lembre-se, tornar-se ignorante a certas informações por opção, é um erro que pode custar caro, seja em qualquer aspecto...
    Veja bem, se a Petrobrás afundar e levar junto por exemplo o BNDES, não serão somente estas empresas que irão sofrer, ou podemos dizer, estes setores... Tudo irá ruir junto, afinal, o BNDES que empresta dinheiro a juros baixos para aquecer um pouco a economia, e quer queira quer não, a Petrobrás quase que representa o Brasil por ser uma companhia brasileira do tamanho que é.

    Eu melhoraria (na minha visão) um pouco a sua frase... Seria assim...
    Filtre as informações e notícias, se você perceber que existe uma probabilidade maior que o que vale o retorno do investimento, retire-o sem pensar duas vezes, caso você acredite que são apenas notícias sem fundamentos, continue no automático.

    Ps: Não cometa o erro básico de muitos de que, quanto mais alienado a uma determinada informação, melhor você está.

    Uta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estagiário,

      Entendo o seu ponto de vista, contudo, é fato que 99% das notícias são totalmente inúteis. A Petrobras não quebra, afinal, na pior das hipóteses o Tesouro (nós) cobrirá a conta.

      E é fato que empresas boas tendem a permanecerem boas, vide Souza Cruz, que existe há mais de 100 anos e sempre deu lucro em todo esse tempo.

      Abraços.

      Excluir
    2. Não se deve operar notícias pois elas sempre chegarão precificadas até o pequeno investidor.

      Excluir
    3. Troll,

      Devemos operar apenas os balanços, rs. Exceto no caso da Cemig, afinal, ali já está claro o que acontecerá a partir de 2015.

      Abraços.

      Excluir
  3. Grande DH,

    Espero que o meu esteja preparado, rs.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. IL,
    Sigo comprando mensalmente.
    Tenho a expectativa de ver um bom resultado daqui a uns 9 anos.

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ID,

      Eu também! Acredito que com cinco anos de idade a carteira já vai ficando robusta.

      Abraços.

      Excluir
  5. eu comprei mais ugpa, itub, ciel, arroz feijao mais uma espingarda balas e um terreno. serao 4 anos barra pesada...
    victor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VS,

      Ótimas compras, tanto das ações como dos mantimentos, rsrs. Não podemos vacilar com o PT no poder!

      Abraços.

      Excluir
  6. Eu não tô com medo, tô é gostando...

    ResponderExcluir
  7. Boa, IL!

    Não paremos de aportar. Quem estiver com uma carteira robusta daqui quatro anos quando os petralhas deixarem o poder irá se dar bem (se o Lula morrer até lá, impossibilitando-o de ser eleito, obviamente).

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PM,

      Sem dúvidas! Para nós, pequenos investidores, nada muda. Temos que continuar estudando, trabalhando e investindo. E são nas "crises", quando o mundo vai acabar, que aparecem as melhores oportunidades.

      Sobre o chefe da quadrilha, o que posso dizer é que espero estar vivo para um dia ver esse crápula atrás das grades.

      Abraços.

      Excluir
  8. Também concordo com você IL! Talvez estamos passando por um momento maravilhoso e colhendo frutos daqui 6, 7 anos. Mas temos que nos proteger e não ficar tão exposto na bolsa. Há ótimas empresas que neste momento estão baratas, se são de boa administração e tem perspectiva de crescimento, bora tornar sócias delas.
    Mas também existe outras aplicação boas disponíveis no mercado.

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. II,

      Eu mesmo estou diminuindo um pouco minha exposição na Bolsa, visto que atualmente estou com quase 90% do meu capital nela.

      Contudo, o ideal mesmo é diversificar e ter um pouco de tudo (que tenha valor), ficando assim protegido de qualquer coisa que vier pela frente.

      Abraços.

      Excluir
  9. Quem tem dinheiro na renda fixa não tem nem o que pensar: é hora de reforçar as posições mesmo! Até Petro está num patamar interessante, mas o grande problema é falta das demonstrações contábeis. O preço do Oil baixo gera incertezas, mas eu creio que isso seja algo passageiro também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Troll,

      Vou ter que discordar de você. Eu não acho que a Bolsa está com tantas "promoções" assim. Só vou considerar fazer isso caso ela chegue no patamar dos 30.000 pontos...

      Sobre a Petrobras, eu estou fora. Investir em uma empresa que sequer divulga os seus balanços? Sem condições!

      Abraços.

      Excluir
    2. Mesmo com esta queda achei pouquíssimas promoções, mas como o dinheiro tava pouco então nem esquentei a cabeça. Fechei o buteco fazendo minha última compra hoje, agora só ano que vem.

      Excluir
    3. UB,

      Eu também encerrei as compras do mês. Novas aquisições agora apenas em janeiro de 2015.

      Abraços.

      Excluir
    4. IL, não tem como saber quando é o fundo. A bolsa pode perfeitamente chegar aos 30 mil e ainda estar cara. Uma boa estratégia de realocação de RF para RV é feita de forma gradativa e não vendendo tudo a aportando de uma vez.

      Ouça El Rei...

      Excluir
    5. Troll,

      É exatamente por isso que eu aporto mensalmente em um pouco de tudo.

      Abraços.

      Excluir
  10. Respostas
    1. Simplinvest,

      Agora só no ano que vem, rs.

      Abraços.

      Excluir
  11. IL,

    Realmente, em tempos de queda os aportes ficam mais significantes, o que é muito bom. Porém a mesma estratégia deve ser mantida em tempos de alta ou baixa. Seguir um plano pré-estabelecido, mas sim, tendo consciência de que em momentos como agora, os aportes representam mais.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PR,

      Sem dúvidas! Mas eu não acho que estamos em um período de "liquidação" na Bolsa. A última vez que aconteceu isso foi em 2008, quando o Ibovespa beijou os 30.000 pontos.

      Abraços.

      Excluir
  12. O negócio é ter sangue frio e investir em boas empresas!

    ResponderExcluir
  13. IL,
    É complicado saber se esta barato ou caro. Se você pegar o fundo de 2008 e aplicar inflação de 6% a.a vai ver que vai ficar próximo dos últimos fundos. Se esta barato ou caro, não sei.
    Eu aporto normalmente enquanto a bolsa esta de lado ou subindo. Quando cai eu aumento um pouco o aporte.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EI,

      Concordo com você. É por isso que considero ideal aportarmos todos os meses, independentemente do que estiver acontecendo.

      Abraços.

      Excluir
  14. Se tá barato ou caro pra mim não tem a menor importância, meu foco é aumentar a quantidade de ações em carteira, não olhando para cotações,
    Para ter uma segurança nesta estratégia que adotei procuro escolher boas empresas geradoras de receitas e lucros constantes, e seguir a risca a estratégia de aumentar o patrimônio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. RM,

      É muito complicado definir o que é barato e o que é caro. E, como nós compramos um pouco todo mês, seja no fundo ou no topo, o preço torna-se totalmente irrelevante.

      Abraços.

      Excluir
  15. imagina quem comprou Bradesco ate agora vai rir atoa com quase 1 real de dividendos ,feliz natal uo embora nunca comento aqui sempre acompanho pra meu crescimento pessoal blog do uo investidor livre pobre catarrento e muitos outros que são ótimos pra iniciantes como eu que tentar fazer varias limonadas com um limão apenas abraços....

    ResponderExcluir
  16. PS,

    O Bradesco é uma ótima empresa! Agradeço pelas palavras e desejo o mesmo para você.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  17. O ideal é definir uma alocação de ativos e segui-la a risca.

    Não necessariamente é melhor sair reinvestindo ao mesmo tempo em que recebe os dividendos.

    Acho mais interessante fazer o rebalanceamento a cada 3, 6 ou 12 meses, sendo que alguns estudos indicam até 36 meses para rebalanceamento (eu acho muito) ou quando houver uma diferença muito grande entre as classes.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. II,

      Eu já acho que todos os proventos recebidos devem ser religiosamente reinvestidos. E, uma vez por ano, o investidor analisa a sua carteira e faz mudanças, se necessário.

      Abraços.

      Excluir