sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Aquisições do mês e uma novidade

Olá investidores,

O aporte desse mês foi destinado para a aquisição de ações da CCRO3, TOTS3 e UGPA3. A novidade é que troquei minhas ações da GETI3 pela TBLE3. O primeiro prejuízo dela em anos colaborou um pouco para isso. A Aes Tietê é boa, mas a Tractebel é melhor.

Ela lucra mais, é do Novo Mercado, tem um parque gerador bem diversificado, e, o principal, é que a carteira é minha e eu mudo o que eu quiser na hora que eu quiser, rs. Inclusive, para quem não sabe, ela foi a PRIMEIRA ação que eu comprei na Bolsa. Além disso, conforme falado no post anterior, comecei o meu plano de diversificação em renda fixa, comprando NTNB Principal 15/05/2019.

Pretendo continuar nesse ritmo, aportando em empresas boas e aproveitando também as enormes taxas de juros oferecidas pelo Brasil, visto que o Governo está com a credibilidade bastante arranhada e acredito que pode até pintar um rebaixamento de rating por aí.

Mas não podemos nos abater. Eu fiquei muito chateado com a reeleição da presidanta, contudo, a vida continua e temos que aproveitar as oportunidades. Enquanto muitos choram, outros vendem lenços. É isso aí pessoal.

Abraços!

52 comentários:

  1. Tenho CCRO3 mas mantenho em baixa representatividade da minha carteira. Mesmo assim comprei uma migalhas neste mês.
    TOTS3 não invisto porque não gosto do setor. Só investiria se a margem líquida fosse maior.
    UGPA3 nem tem o que falar. Tem sido um reloginho atômico.
    E se prepara que nestes 4 anos o Huezil tem grandes chances de perder seu grau de investimento.
    Com a bomba estourando nestes 4 anos, as chances desse partido perder na próxima eleição é maior, mesmo com Lula. Isso se houve eleição.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ADP,

      Gosto muito da CCRO3 e ela tem um peso de 10% na minha carteira. Acho a TOTS3 uma empresa interessante e o fato dela trabalhar com software me tranquiliza bastante. Sobre a UGPA3, concordo com você, é a "versão" boa da Petrobras na Bolsa, hehehe.

      Também acho meu amigo. O lado "bom" do Aécio ter perdido foi justamente esse. A bomba vai explodir no colo de quem a armou.

      Abraços!

      Excluir
  2. este post mostra uma incoerência enorme no seu modelo de investimentos. primeiro vende GETI após poucos meses dizendo que era uma baita empresa, que era a melhor do setor elétrico. Isso é estratégia de manada.

    Agora vem com esta de comprar NTNB porque os juros vão subir. Se os juros subirem você toma prejuizo na NTNB, mesmo esperando o vencimento, afinal os juros da NTNB são pré-fixados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      Não tem incoerência nenhuma. Todo mundo que me acompanha sabe que eu sempre considerei a GETI3 e a TBLE3 as duas melhores empresas do segmento elétrico.

      Comprei a primeira e agora optei por trocar pela segunda. Sou proibido de fazer isso? A verdade é que eu me "arrependi" logo após comprar a GETI3. Não por que ela é ruim e sim porque a TBLE3 é melhor que ela!

      Em qual momento, no post, eu falei que os juros vão subir? Se a estratégia fosse essa, eu deveria ter comprado LFT, e não NTNB Principal. A NTNB Principal, por sinal, é indexada ao IPCA e paga uma taxa de juros prefixada, garantindo, assim, rentabilidade real.

      Abraços!

      Excluir
    2. Concordo com o anon, vc comprou GETI a pouco tempo dizendo q era um "relóginho".
      A verdade é q vc afinou no primeiro tri de prejuizo.

      Excluir
    3. Anônimo,

      Se você acha isso, paciência. É um direito seu. Recomendo o link abaixo, onde EU mesmo disse que a Tractebel estava na reserva.

      http://investidorlivre.blogspot.com.br/2014/08/a-nova-carteira.html

      O prejuízo colaborou sim. Mas não foi o fator determinante.

      Abraços.

      Excluir
    4. Concordo com o primeiro anônimo no que se refere à sua estratégia de renda fixa, pois ela se mostra incoerente.
      No post é afirmado que você acredita em perda do grau de investimento, o que implicaria em elevação das taxas de juros e, por conseguinte, prejuízo nas NTNBs (que, aliás, você já deve ter tomado um pouco, tendo em vista a queda no preço delas nos últimos 2-3 dias)...

      Excluir
    5. Anônimo,

      Pelo visto você não leu meu post. Explique-me como vou ter prejuízo com a NTNB Principal.

      Abraços.

      Excluir
    6. IL, bom dia.

      O Prejuízo com a NTNB pode vir em 2 formar:

      1) venda antes do vencimento com prejuízo, se os juros futuros estiverem mais altos que quando você comprou (não parece ser o seu caso, pois você pretende esperar o vencimento)

      2) venda no vencimento se os juros médios no período tiverem sido maiores que quando você comprou. Como a NTNB é pre-fixada, você tem que comprar quando acredita que os juros vão se manter nos patamares atuais ou cair. (ele proteje da inflação, mas não da alta dos juros). Se houver rebaixamento do rating, os juros terão que subir para atrair investidores.

      Isso é apenas um comentário complementando seu post e comentários, para ter certeza que o entendimento está adequado. Na prática você está correto em comprar NTNB (na minha opinião), mas se acredita que existe chance dos juros subirem, vale também a compra de umas LFT.

      Abraços

      Excluir
    7. EI,

      Mesmo no caso da segunda hipótese, na verdade eu não perderia nada, e sim deixaria de ganhar. Eu ainda tenho um pé atrás com a LFT porque acho, que no longo prazo, a tendência é a SELIC cair.

      Posso até mudar de ideia depois e comprar ela, vamos ver. Mas por enquanto estou apenas com a NTNB Principal. O meu principal objetivo, hoje, é proteger o meu patrimônio da inflação.

      Eu sei que se a inflação disparar a SELIC deve subir, beneficiando a LFT, contudo, não acredito em um cenário desse.

      Abraços.

      Excluir
    8. ok, mas deixar de ganhar = perder, não se engane

      Se a inflação disparar não tem nenhum problema, pois com NTNB você está protegido. A SELIC disparar é apenas consequencia. O melhor dos mundos para quem tem NTNB é inflação cair e SELIC cair. Automaticamente quem comprou nos parâmetros atuais vai ganhar muito mais que a maioria por um bom tempo.

      Excluir
    9. A sua afirmação não passa de auto-enganação: "Mesmo no caso da segunda hipótese, na verdade eu não perderia nada, e sim deixaria de ganhar."
      A seguir o brilhante raciocínio, todo mundo deveria estar na poupança, em vez de perder tempo procurando outras aplicações, afinal, não perde nada, só deixa de ganhar.

      Excluir
    10. EI,

      Sim, contudo, meu objetivo número 1 é preservar meu patrimônio e garantir rentabilidade real, ou seja, acima da inflação. A NTNB Principal cumpre esses dois requisitos com maestria.

      Mas qual é a sua estratégia? Tal como o Troll, aplicar 50% em LFT e 50% em NTNB Principal? E quando a SELIC começar a cair? Quem estiver comprado em LFT vai ganhar menos.

      Abraços.

      Excluir
    11. Se a SELIC começar a cair é só vender e você não perde nada, pois a rentabilidade da LFT, inclusive antes do vencimento é baseado no juros passado.
      Para preservar o valor do dinheiro no curto prazo com baixo custo a melhor opção é a LFT.

      Excluir
    12. Complementando, a minha estratégia é: RF de longo prazo NTNB, como você disse, para garantir rentabilidade acima da inflação.

      Curto prazo LFT (dinheiro que eu posso usar a qualquer momento num futuro próximo e que não se destina a aposentadoria)

      Excluir
    13. EI,

      Pois é, mas a ideia é permanecer com os títulos até a data do vencimento. A SELIC pode até subir no curto prazo, contudo, eu, pessoalmente, acredito que a tendência é que ela caia no longo prazo.

      Compare a SELIC de 1999 com a de 2014 e você verá que, mesmo com altas na taxa ao longo do tempo, ela caiu de 45% para 11,25%.

      Abraços.

      Excluir
    14. Anônimo,

      Essa é a minha estratégia, ok? Faça a sua e seja feliz!

      Abraços.

      Excluir
  3. Livre,

    Na minha estratégia atual, eu não teria trocado como vc fez.
    Só deixaria comprar GETI3 e compraria TBLE3.

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ID,

      O problema é que eu estipulei o limite de 12 empresas na minha carteira. Além do mais, era uma ou a outra.

      Abraços.

      Excluir
  4. IL, possuo COPEL CPLE3 e CMIG4.
    Pretendo trocar cemig por Tractebel.
    Abraço
    Bagual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Bagual,

      É uma decisão mais do que acertada.

      Abraços.

      Excluir
  5. Quando eu vi sua preocupação no Bastter tive certeza que ia limar ela da carteira. rs

    Nesse setor o filé é a transmissão, salvo um furacão derrubar as torres, transmissoras são imunes a mudanças climáticas ou qualquer alteração externa.
    Faça chuva (aleluia) ou faça sol, o lucro é o mesmo.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OS,

      Você tava espionando-me lá, rsrs? Enfim, o parque gerador da Tractebel é MUITO mais diversificado que o da AES Tietê. E tem também os outros fatores que eu já citei.

      Abraços.

      Excluir
  6. Olá Investidor Livre!, estamos aqui na blogosfera para tentarmos juntos chegar a independência financeira e discutir estratégias, acho que vc analisou apenas o resultado do terceiro trimestre para fazer a troca de Geti3 por Tble3, pois na verdade quem apresenta melhores dados fundamentalista é a Geti, que apresenta margem e Roe maiores, apresenta margem de segurança positiva, maior LPA, a tractebel tem uma dívida um pouco menor mais muito próximo a AES Tiete, más de toda forma, cada um tem um feeling.....por enquanto continuo em Geti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beto,

      A AES Tietê é uma empresa madura, enquanto a Tractebel está em desenvolvimento. O fato é que eu não posso ficar na dependência das chuvas. E se não chover?

      Nesse aspecto, o parque gerador da Tractebel é muito mais diversificado, com hidrelétricas, térmicas, eólicas, biomassa, etc. A ausência de chuvas prejudica muito mais a primeira que a segunda.

      É totalmente diferente da Sabesp, por exemplo. Eu pretendo permanecer nela mesmo com a seca, afinal, não existe outra opção viável para uma suposta "troca" dela, ao contrário da AES Tietê.

      Abraços.

      Excluir
    2. IL, decisão polêmica de trocar a GETI.

      Eu confesso que tenho me sentido meio inseguro com a GETI por diversos fatores como o término do contrato com a ELPL e a falta de chuvas, mas sigo firme a estratégia de manter (e continuar comprando) mesmo com esta insegurança. Na verdade eu estou justamente colocando a minha estratégia a prova que é me manter sócio enquanto a empresa for boa, baseado nos resultados e não nas previsões do futuro (inclusive a previsão do tempo, rs).

      Me parece que o grande segredo da bolsa é esse, se manter sócio nos periodos de vacas gordas e principalmente nos de vacas magras, quando todo mundo fica passimista com determinada empresa mesmo ela continuando a apresentar bons resultados. Tenho pouco tempo de bolsa para afirmar que é a estratégia mais adequada, mas é justamente isso que estou testando. Vivendo e aprendendo.

      Abraços

      Excluir
    3. EI,

      Eu sei que foi polêmica. Além de tudo o que foi dito sobre ambas, eu resumiria, novamente, falando que a AES Tietê é boa, contudo, a Tractebel é melhor.

      Nós temos que pensar no pior cenário. Vamos supor que não chova nunca mais. A GETI3 será MUITO mais prejudicada do que a TBLE3. Isso é indiscutível. Investir é pensar em controle de risco.

      Eu pratico e acredito no B&H entretanto, se eu não estiver mais confortável com uma empresa (independentemente dela ainda ser boa) saio mesmo e pronto. E, como disse antes, a TBLE3 foi a primeira ação que eu comprei na Bolsa, no final de 2013. Tem o valor sentimental. ;)

      Abraços!

      Excluir
    4. EI,

      Sobre os resultados em si, o 3T14 foi péssimo e se a situação continuar assim, o 4T14 tem tudo para ser. Enfim, segue o jogo.

      Abraços.

      Excluir
    5. como disse um anonimo lá no meu blog, não tem problema nenhum se você souber o que está fazendo.

      Discordo apenas quando diz ""vamos supor que não chova nunca". Se isso acontecer amigo, vai faltar luz, vai ter racionamento, vai impactar indústria e comércios e vamos ter uma recessão das bravas. Isso vai impactar tudo e todos então a GETI não chega a ser o maior problemas

      Abraços

      Excluir
    6. EI,

      Concordo plenamente. Só que, nesse cenário apocalíptico, a AES Tietê seria muito mais prejudicada que a Tractebel porque o parque gerador da primeira não é diversificado como o da segunda. Isso é incontestável.

      Abraços.

      Excluir
    7. Eu fiz esta troca (GETI3 por TBLE3) há um bom tempo e tenho me mantido tranquilo. Eu fiz uma comparação entre as empresas em uma postagem:
      http://alemdapoupanca.blogspot.com.br/2013/02/analise-e-opinioes-aes-tiete-x-tractebel.html

      Minha impressão foi de que GETI3 está preocupada apenas com dividendo, enquanto TBLE possui um pouco mais de preocupação com crescimento. Há uma indefinição em relação ao contrato entre GETI x ELPL, e o mercado não gosta nem um pouco isso. Preferi trocar.

      Minha última aquisição do setor foi a ALUP. Comentei no meu blog em uma postagem ou comentário (não lembro qual) que consideram a parte de transmissão como filé. Este termo não foi inventado por mim, pois já vi antes em um fórum.

      Abraços

      Excluir
    8. ADP,

      Sim, eu já havia lido a sua postagem, muito boa por sinal. Eu concordo com você, a AES Tietê está estagnada, enquanto a Tractebel está a todo vapor.

      É mais ou menos o que acontece com a BVMF3 e a CTIP3. A primeira é acomodada enquanto a segunda não para de se mexer e crescer.

      Fora isso, temos o famigerado risco hidrológico, que prejudica muito mais a GETI3 do que a TBLE3. E, é claro, o fim do contrato com a Eletropaulo.

      Sobre a transmissão, é o que dizem ADP. O problema é que não sou fã de units, ainda mais de empresas novatas na Bolsa. Elas deveriam entrar direto no Novo Mercado.

      Abraços!

      Excluir
  7. Respostas
    1. Por que ainda acha a CEMIG melhor, uó? Estou com ela em carteira e pensando seriamente em botar de quarentena e adquirir TAESA, pois estou pensando como aquele amigo ali que disse que o filé é a transmissão. Mas o que faria a CEMIG ser melhor que a tractebel, no setor de geração?

      Excluir
    2. Anônimo,

      Ele deve ter os critérios pessoais dele. Na parte de geração, para mim, a Tractebel é a melhor empresa, seguida pela AES Tietê com seu risco hidrológico. Em transmissão temos a ALUP11 e a TAEE11.

      Abraços.

      Excluir
    3. Nem vou responder, meus critérios são muito subjetivos, rs.

      Excluir
    4. Uó,

      Você está confiando no PT?

      Abraços.

      Excluir
    5. Meus investimentos são para no mínimo 20 anos, até lá já saiu PT, já entrou PSDB, saiu de novo, entrou de novo... Quero é comrpar bartato por hora.

      Excluir
    6. UB,

      Cuidado para não comprar barato até demais.

      Abraços.

      Excluir
  8. UB,

    Você é corajoso demais, rs. Eu quero distância da Cemig pelo menos até 2019.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um passarinho me contou que a CEMIG vair ficar no "lote" do PMDB. Daí a ser bom ou ruim já é outro papo

      Excluir
    2. CMIG é vaca holandesa, viu os dividendos divulgados ontem?

      Só Hum bilhao e cem milhoes de reais :o

      Maquina de dividendos!!!

      Excluir
    3. EI,

      Será? Em todo o caso, eu não confiaria.

      Abraços.

      Excluir
    4. OS,

      Só não esquece que ela ainda está sendo gerida pelo PSDB, rs. O problema é a partir de 2015.

      Abraços.

      Excluir
    5. Vou manter CMIG4, por enquanto. Não dá para vender um ativo só porque o PT ganhou. A preocupação é latente, sem dúvida, mas já está precificado esse risco pelo mercado, vender agora não faria muito sentido.

      Excluir
    6. DH,

      Se você sente-se confortável com essa situação, tem mais é que fazer isso mesmo. Eu já acho que a Petrobras é o maior exemplo do que poderá acontecer com a Cemig.

      Abraços.

      Excluir
  9. TBLE3 é uma baita empresa. Tenho CMIG mas depois de ver PT no governo estadual e federal, tem risco de dilapidarem a empresa ou andarem sempre no trilho pra eleger o tio Molusco em 2018.
    Enfim, CMIG fica de quarentena e estou pesquisando outra eletrica. Tinha GETI e TAEE, mas depois do seu post, vi rapidamente os ótimos dados de TBLE3.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PR,

      GETI3 e TBLE3 são as melhores geradoras da Bolsa. O calcanhar de aquiles da primeira é o enorme risco hidrológico que ela corre.

      Abraços.

      Excluir
  10. Só porque a carteira é SUA você ACHA que pode mudar quando quiser? kkkkk...
    Havia comprado um pouco mais de GETI há uns dias sem atentar para esse prejuízo que acabou acontecendo e sendo anunciado depois, de olho em nova distribuição de dividendos que é claro não aconteceu.
    Paciência, vamos ver o futuro, mas a sua estratégia me pareceu correta, boa sorte com a TBLE.

    ResponderExcluir
  11. IB,

    Então, o maior problema da GETI3 é o risco hidrológico. Esse foi o principal motivo para eu fazer a troca pela TBLE3. E tem os outros que eu já citei antes.

    E não podemos esquecer que a maior vantagem competitiva da GETI3, que é o contrato com a ELPL4, tem data para acabar.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  12. O que pesou para eu escolher TBLE3 no lugar de GETI3 foi justamente o fato de eu achar a segunda mais vulnerável. Nada que desabone a empresa, mas eu me sinto mais seguro com TBLE3. Se você se arrependeu de comprar GETI3, simplesmente troque e não ligue para as críticas. Pior coisa é ficar se sentindo inseguro num investimento.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Troll,

      É exatamente isso que eu fiz. Apesar de eu não ter que dar satisfação para ninguém do que faço na minha carteira, prefiro ser honesto com meus leitores e explicar verdadeiramente o que eu estou fazendo.

      Eu me sinto mais seguro como sócio da Tractebel.

      Abraços!

      Excluir